O carioca Jorge Luis Linhares, 41, nasceu e cresceu na favela da Rocinha, na zona sul do Rio de Janeiro. Ainda jovem, seguiu o mesmo destino de alguns meninos que crescem em comunidades onde o crime está presente. Teve problemas com furto, roubo e se envolveu com o tráfico de drogas. Chegou a ser preso seis vezes, até o nascimento do seu primeiro filho, em 1999, quando jurou nunca mais cometer nenhum tipo de crime.

Sem emprego e com poucas oportunidades para recomeçar a vida, conseguiu pequenos “bicos” fazendo propaganda de shows na comunidade, como a escola de samba da Rocinha. O salto para sua vida de empreendedor aconteceu há 8 anos, quando deixou os eventos para seguir sua vocação de vendedor de propaganda.

Divulgação

Créditos: Divulgação

Um dos carros de som usados em um dos serviços do supercombo

“Preferi atender os lojistas que não tinham muito capital para investimento”, explica. Assim surgiu a ideia de criar pacotes mensais de divulgação dos comércios. O primeiro recurso criado por ele foi o carro de som. Depois, surgiram oportunidades em duas rádios cariocas. O empreendedor chegou até a fazer treinamento para melhorar sua voz. “A partir do momento que eu saí da minha zona de conforto, os horizontes começaram a se abrir”, conta Linhares

Outra grande ideia do empreendedor foi o serviço de divulgação em TVs de LED, colocadas nos carros de som. “Foram os próprios clientes que patrocinaram as televisões”, revela. E desde então ele não parou mais de investir em melhorias para seu serviço de publicidade.

Pensando em ampliar seu negócio, ele comprou uma franquia de marketing digital da Elefante Verde, que consiste em ajudar pequenos negócios locais a conectar-se à internet e a novos clientes. “Agora a Rocinha tem sua agência de publicidade”, comemora.

Com a aquisição, o empreendedor criou um supercombo para os comerciantes da região, que oferece uma série de serviços mediante uma assinatura mensal. Além dos carros e motos de som, das TVs de LED e das duas rádios que ele já usava para divulgar seus clientes, Linhares incluiu o serviço de marketing digital, que engloba um portal com guia dos comércios da região, onde há espaço para crítica e obtenção de descontos.

Divulgação

Créditos: Divulgação

Supercombo do empreendedor Jorge Luis Linhares inclui divulgação em TV de LED

“O supercombo custa R$ 160 por mês e é mais vantajoso”, explica. A novidade foi lançada no começo de março, alguns contratos já foram fechados, mas ainda está na fase experimental, segundo Linhares. O empreendedor afirma que hoje 90% da Rocinha está conectada à internet, o que é uma ótima oportunidade para o negócio.

Ele tem uma equipe de sete pessoas e diz que sonha em reunir os comerciantes da região para passar sua experiência. “As pessoas ainda têm resistência para entender que publicidade não é despesa, é investimento”, avalia.

Depois de tudo o que passou, Linhares conta que se realizou com o empreendedorismo. “Eu tentei trabalhar para os outros, mas não consegui. O momento que vivemos hoje é de instabilidade. Como empreendedor, não corro o risco de ser mandado embora a qualquer momento. Faço contratos de 12 meses e hoje tenho uma renda fixa muito acima do esperava”, revela.