Sair do vermelho não tem sido fácil pra ninguém, economizar então, passa longe do vocabulário, e você nem sabe por onde começar. Em vez de procurar auxílio no banco, nós encontramos uma maneira mais fácil para que você organize suas finanças: três mulheres reúnem diversas dicas de economia, investimento e independência financeira e pessoal.

A dependência financeira é tão perigosa que está até nas estatísticas de violência doméstica e resistência das denúncias de agressão. Essa é a segunda maior causa indicada pelas entrevistadas durante a pesquisa “Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher”, do Senado Federal, realizada em 2013. Foram 34% das mulheres que alegaram não se separar dos maridos porque não teriam como manter-se financeiramente.

Para você romper com qualquer ciclo de dependência na sua vida, nós separamos maneiras divertidas, leves e simples para que você junte todas as dicas e ajuste seu orçamento.

Me Poupe

Natália Arcuri é daquelas mulheres que você teria orgulho de ter como amiga, e conselheira financeira, claro. A garota conta em uma de suas redes sociais que começou a guardar dinheiro para comprar o primeiro carro aos 8 anos de idade. Em 2014, ganhou o prêmio de planejamento financeiro do IBCPF e fez da facilidade em poupar um negócio. Ela é dona de um dos canais de educação financeira que mais bombam na web, o Me Poupe. Assista:

Finanças Femininas

O site Finanças Femininas surgiu em 2012 e foca no empoderamento feminino através das finanças, como a própria descrição diz, “você aprende a organizar as suas contas, comprar de forma inteligente, poupar e investir. Nosso objetivo é ajudar você a se tornar mais independente!” Veja:

Morando Sozinha

Fran Guarnieri é uma jovem que gostaria de chegar na vida adulta com pressa, quando isso aconteceu, viu que nem tudo era simples. “Em 2012 decidi que ia morar sozinha, pois morar mais perto do trabalho e da faculdade reduziria muito o tempo que passava me locomovendo entre casa-trabalho-faculdade (cerca de 4 horas diariamente). Nesse meio tempo, comecei este blog. A intenção era ajudar garotas que estavam vivendo o mesmo que eu: grana curta e zero experiência em gerenciar uma casa sozinha”, conta ela na descrição da página. Confira:

Agora não tem desculpa, as meninas vão colocar você em rédea curta para deixar o saldo positivo e você muito mais feliz.